Apreensão de moto avaliada em R$ 500 mil

moto

Se Brasília tivesse duas rodas, essa seria sua melhor tradução. Na lataria, a Esplanada dos Ministérios.

Nas rodas, o Palácio da Alvorada. A catedral ilustra o filtro de ar. O patriotismo é produto de uma empresa americana, a OCC, que fabrica motos customizadas.

Quando desembarcou no Brasil em 2007, a moto foi mostrada pelos donos da empresa e apresentadores de um programa da TV por assinatura ao presidente Lula, que chegou a posar para fotos.

A obra de arte, à venda por R$ 500 mil, foi apreendida hoje pela Receita Federal, junto com outra moto importada.

Seis meses depois de chegar ao Brasil, a moto deveria ter voltado ao país de origem, mas veio a SP onde participou de várias exposições. Foram mais de dois anos e meio em território nacional sem pagar imposto. A receita diz que deu vários prazos ao importador pra regularizar a situação, o que não aconteceu.

As motos estavam em uma loja em regime de consignação, explica o comerciante. O dono, segundo ele, é um empresário de Brasília, que estaria tentando acertar a papelada.

“Posso te garantir que é pessoa idônea, nosso cliente, e essa moto provavelmente retornará na loja pra ser vendida”, fala Carlos Vlasis, dono da loja.

Não é o que diz a Receita. Segundo os auditores, o dono perdeu a moto definitivamente. Agora ela deverá ser doada ou leiloada. Seja qual for o destino, vai continuar fazendo um barulho danado.

 

 

By: Jornal da Globo.

Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

2 comentários: on "Apreensão de moto avaliada em R$ 500 mil"

Nanael Soubaim disse...

Ou seja, tentando regulaizar enquanto trabalha sem permissão. Tisc, tisc... Eles consegueme stragar tudo mesmo.

New disse...

Brasileiro é f... bjs

Postar um comentário

Oiêee!
Obrigada por visitar meu blog. Volte sempre.

Related Posts with Thumbnails