Banco do Vaticano e lavagem de dinheiro

Quando o assunto é dinheiro não tem papa, não tem santo que resista…

 

illuminate

‘O IOR (Instituto para as Obras Religiosas), conhecido popularmente como o Banco do Vaticano, está sendo investigado pela justiça italiana por uma suposta lavagem de dinheiro, informou nesta terça-feira o jornal "La Repubblica".

O banco, que administra as contas de diversas ordens religiosas, assim como de associações católicas, é uma instituição da Igreja Católica que se beneficia da extraterritorialidade, já que se encontra na Cidade do Vaticano e não se rege pelas normas financeiras vigentes na Itália.

O Instituto esteve envolvido em um escândalo político-financeiro nos anos 1980, pela quebra, em 1982, do Banco Ambrosiano (do qual o Vaticano era um acionista importante) devido ao peso de uma dívida de US$ 3,5 bilhões e um rombo fiscal de US$ 1,4 bilhão.

Segundo o "La Repubblica", 10 bancos italianos, entre eles os poderosos Intesa San Paolo e Unicredit, estão envolvidos no caso.

A justiça italiana suspeita que o Banco do Vaticano administre por meio de contas anônimas, identificadas apenas com as siglas IOR, importantes somas de dinheiro de procedência incerta.

Segundo o jornal, em 2004 "cerca de 180 milhões de euros circularam em dois anos" sem que tenha sido fornecida a identidade dos autores da transação, como exige a lei italiana.’

E tem mais…

Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

2 comentários: on "Banco do Vaticano e lavagem de dinheiro"

Nanael Soubaim disse...

Infelizmente, banco e lavagem de dinheiro são quase sinônimos, quase tanto quanto bolsa de valores.

New disse...

É tudo farinha do mesmo saco. Sem jeito...
bjs

Postar um comentário

Oiêee!
Obrigada por visitar meu blog. Volte sempre.

Related Posts with Thumbnails