“Remédio em Casa”

GRD_8868_8868

A partir desta segunda-feira, 12, pacientes com diagnóstico de hipotireoidismo (doença caracterizada pela queda na produção de hormônios) poderão receber gratuitamente o medicamento Levotiroxina, pelo programa Remédio em Casa.

Com isso, a lista de medicamentos entregues nas residências dos usuários com hipertensão arterial, diabetes, dislipidemia (elevação no índice de colesterol) e, agora, hipotireoidismo sobe para 13 itens.

O remédio deve ser tomado diariamente na dosagem prescrita pelo médico (25, 50, 100 ou mais microgramas), para levar ao funcionamento normal da tireóide.

Se não tratados, pacientes com hipotireoidismo podem desenvolver redução no desempenho físico e mental, além de elevações nos níveis de colesterol, que aumentam as chances de problemas cardíacos.

Sobre o Remédio em Casa

O Remédio em Casa foi implantado na cidade de São Paulo em julho de 2005 e já beneficiou mais de 160 mil portadores de doenças crônicas. O principal objetivo incentivar os pacientes a manterem suas doenças controladas e em constante acompanhamento médico.

A primeira etapa para aderir ao Remédio em Casa é agendar uma consulta em uma das 434 Unidades Básicas de Saúde (UBS). O médico responsável pelo atendimento avalia os pacientes e solicita exames para definir o quadro de saúde.

Caso o paciente se encaixe no perfil para ingresso no programa, ele é cadastrado. Feito isso, a farmácia da própria UBS entregará ao usuário do serviço a quantidade de remédio necessária para tratamento até o recebimento do primeiro lote de medicamentos.

A remessa é em quantidade suficiente para três meses de uso. Apenas com avaliações periódicas - realizadas na unidade de saúde -, para acompanhamento da patologia, é que será liberada uma nova remessa do medicamento.

 

Para saber um pouquinho mais sobre o hipotireoidismo – >>>>> aqui…

 

Não tomem medicamentos que não sejam sob consulta de um bom médico.

 

By: My Blog Health


Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

3 comentários: on "“Remédio em Casa”"

Nanael Soubaim disse...

Quando criança, em Rio Verde, era muito comum ver pessoas com hipertireoidismo. Quando passaram a iodar mesmo o sal de cozinha, quase desapareceu, mas a doença gosta de receber convidados (a hipertenção é uma das assíduas) acabando por obrigar ao uso do medicamento pharmoquímico. Ruim é quando a pessoa é ingênua e acredita que duplicar a dose "acelera a cura".

New disse...

Essa medicação é para hipo e não hiper. O hipertireoidismo é qdo a tireóide produz hormônios em excesso. Em Vilhena, RO, por conta da água com pouco iodo, a população apresenta esse problema de hipotiroedismo.
Faço uso dessa medicação desde adolescente. A baixa de produção normal de hormônio pela tireóide (hipotireoidismo), que é meu caso, é pergiosa, inclusive qdo se engravida. O bebê pode nascer com problemas.
Graças a Deus, a população agora, poderá fazer uso correto da tal medicação.
Beijos, meu querido amigo.

Nanael Soubaim disse...

Confundir hipo com hiper... estou precisando de óculos, férias e uma retífica do cárter ao cabeçote.

Postar um comentário

Oiêee!
Obrigada por visitar meu blog. Volte sempre.

Related Posts with Thumbnails