Sucesso das canetas Montblanc

A empresa foi inaugurada em 1906 e resiste com uma fábrica na Alemanha, na qual a produção é feita de forma quase artesanal, que garante a alta qualidade das canetas mais caras do mundo.





Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

2 comentários: on "Sucesso das canetas Montblanc"

Nanael Soubaim disse...

Eu só uso canetas-tinteiro, embora todas genéricas. O que acabo de ver é o velho espírito alemão de qualidade máxima, estas canetas valem o que custam pela mão-de-obra que é bem paga e satisfeita com o que faz. É o artesão (a pessoa) que faz toda a diferença, tornando os equipamentos (como o microscópio) extenções e não substitutos de seus corpos e habilidades. Esta philosophia ha de voltar e permanecer.

New disse...

Também refiro as tinteiros. Fui, inclusive alfabetizada com elas. Na escola onde eu estudava em Curitiba, não podia usar outro tipo de caneta que não as tinteiros.
A escola só permitiu o seu uso muitos anos depois.
Saudades!

Beijos

Postar um comentário

Oiêee!
Obrigada por visitar meu blog. Volte sempre.

Related Posts with Thumbnails