Vicunha Têxtil instalou-se na Argentina

images (9)

A Vicunha Têxtil Brasileira, uma das maiores fabricantes de tecidos denim, anunciou sua decisão de instalar na Argentina para iniciar a produção no país e, assim, substituir as importações, até agora, a partir de plantas localizadas no Ceará, Rio Grande do Norte e São Paulo.

O anúncio foi feito pela empresa em um comunicado à Bolsa de Valores de São Paulo, que afirma que assinou um acordo com grupo de San Juan Ullum produzir tecidos denim em três pisos, com uma opção de compra tem o direito de exercício antes de 30 de Junho.

A companhia brasileira informou que seu plano de investimento na Argentina, em um total de US $ 40 milhões, incluindo a aquisição de três usinas Ullum, os gastos para modernizar e aumentar a capacidade produtiva das fábricas de San Juan e da instalação de um fábrica de fiação nova.

Plantas nas mãos que pertencem a empresas brasileiras Ullum tinturaria, tecelagem e confecção de malhas da Galiza Panamá. As três empresas, que fazem parte do grupo de Ullum-juntos totalizam mais de 400 funcionários e fornecimento de tecido denim para as fábricas que tem hoje Vicunha Têxtil no Brasil.

A operação será canalizada através Brastex SA, uma subsidiária que tenha Vicunha na Argentina. O grupo chegou ao país em 1989 e trabalhava longe de suas plantas no Brasil importar 85% de tecidos denim, os jeans são fabricados.Os restantes 15% foram produzidos localmente e obtidos através da terceirização de acordos com fábricas na Argentina.

Vicunha é uma das maiores fabricantes de têxteis do mundo, com fábricas próprias nos estados brasileiros do Ceará, Rio Grande do Norte e São Paulo.

Sua chegada na Argentina é parte de um plano para internacionalizar os seus negócios, que incluiu a instalação de uma fábrica no Equador e na abertura de um escritório na Suíça. Além disso, a empresa também anunciou que planeja montar um centro de distribuição para atender o mercado mexicano.

Com o início da produção local de denim, a Vicunha olhando para competir contra grandes empresas brasileiras que já têm operações no mercado têxtil da Argentina, como Santana Têxtil, Santista e Alpargatas (estes dois últimos grupos controlados pela Camargo Correa).

A lista de jogadores no negócio do denim é completada empresas Fibraltex Argentina, Algosedan e latim.

No setor incluem a chegada dos brasileiros é resultado direto dos planos para incentivar a produção local promovido pelo Ministério da Indústria.

"O investimento da Vicunha é um resultado do incentivo à produção através de políticas, como medidas antidumping para a entrada de denim da China, que foram implementadas no ano passado", disse Mariano Kestelboim, economista-chefe da Fundação para a tecelagem, entidade que reúne a cadeia têxtil e vestuário na Argentina. "Uma medida anti-dumping é mais poderoso do que um licenciamento não-automático, é baseada em prejuízo real para uma indústria e, portanto, gera uma estabilidade no tempo é a chave para a chegada de novos investimentos", disse Kestelboim.


Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

2 comentários: on "Vicunha Têxtil instalou-se na Argentina"

Nanael Soubaim disse...

Bizarro, mas importaremos de nós mesmos porque a reforma tributária jamais foi sequer (de facto) apresentada formalmente para votação.

New disse...

Com a reforma tributária corre-se o risco de se poder roubar menos. Portanto, esqueçamos.

Bjs

Postar um comentário

Oiêee!
Obrigada por visitar meu blog. Volte sempre.

Related Posts with Thumbnails