Twiteira é processada por preconceito

Mayara-twitter-xenofobia-20101103112140

A Ordem dos Advogados do Brasil de Pernambuco entrou com uma ação, na segunda-feira, contra uma estudante paulista acusada de publicar mensagens racistas no Twitter e no Facebook.

Segundo a OAB-PE, a estudante de direito Mayara Petruso teria iniciado uma série de ataques contra os nordestinos, no domingo, após a eleição da presidente Dilma Rousseff.

Em sua conta, Mayara publicou mensagens como: "Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!".

Após o anúncio do resultado das eleições, uma série de mensagens preconceituosas e difamatórias contra nordestinos foram publicadas no microblog.

O tumblr “Xenofobia Não” capturou e republicou algumas delas. O assunto apareceu entre os trending topics do Twitter na noite de domingo.

Mayara deverá responder por crime de racismo e incitação pública de prática de crime, com penas previstas de dois a cinco anos e de três a seis meses ou multa.

A jovem excluiu suas contas no Twitter e no Facebook, redes sociais onde ela fez os ataques.


Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

3 comentários: on "Twiteira é processada por preconceito"

Nanael Soubaim disse...

Tão bonita, tão idiota!

New disse...

São coisas que se podem sentir e pensar. Verbalizar nunca!
bjs

Gato Guga disse...

Pois é. Sobre os nordestinos, minha origem que não me põe vergonha alguma, a vagaba foi idiota e vai se funicar. Já foi expulsa da web, do emprego e será processada.
Agora, sobre a bronca com o resultado das eleições, absolutamente apoiada.
Bjs.

Postar um comentário

Oiêee!
Obrigada por visitar meu blog. Volte sempre.

Related Posts with Thumbnails